Retrospectiva 2017 – Internacionais

Boletim Internacional

Edição: Cesar Augusto Cavazzola Junior

Conteúdo: Guilherme Macalossi, Hugo Silver, Victor de Franceschi, Walter P. Filho

 

O bebê Charlie e a vitória moral do nazismo – Guilherme Macalossi

A decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos de autorizar o desligamento do suporte de vida do bebê Charlie, que sofre de uma grave doença, é uma vitória moral tardia do nazismo. Segundo os integrantes da Corte, manter a criança no atual estado é o mesmo que submetê-la a “dor e sofrimento contínuos”. Eis aí o eugenismo piedoso, que vampiriza vidas em nome de um suposto humanismo. A civilização que foi fundada pelo sangue de Cristo desmorona ao mergulhar no sangue de crianças inocentes.

Charlie Gard e o Óleo de Lorenzo – Guilherme Macalossi

Quando tinha seis anos de idade, Lorenzo Odone foi diagnosticado como portador de adrenoleucodistrofia (ALD), uma disfunção genética que leva ao acúmulo de ácidos graxos nas células nervosas, ocasionando dano insanável no cérebro. O quadro se caracteriza por deterioração neurológica profunda, convulsões, perda de visão, hipertrofia hepática, dentre outras consequências. Na época, os médicos de Lorenzo prescreveram apenas dois anos de vida ao garoto.

O novo Procurador-Geral da Venezuela é apenas o ex-chefe das milicias chavistas – Guilherme Macalossi

A Assembleia Nacional Constituinte golpista convocada pelo ditador Nicolás Maduro destituiu a Procuradora-Geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz. Assumiu em seu lugar Tarek William Saab, que já ocupou o posto de “Defensor do Povo” em 2014, quando coordenou a brutal repressão aos protestos estudantis que tomaram as ruas do país. Saab era o chefe das milícias chavistas que hoje são responsáveis diretas pelo assassinato de dezenas de manifestantes de oposição.

O jornalismo brasileiro denuncia hoje o golpe Boliviariano que já se deu dezoito anos atrás – Guilherme Macalossi

A “Folha de São Paulo” “noticiou” que passará a chamar Maduro de ditador. Por sua vez, o jornal “O Globo” afirmou, por meio de seu editorial, que Maduro “inspira projeto autoritário no Brasil”. Desde a publicação destas matérias, muitos passaram a comemorar aquilo que poderia ser caracterizado como o “despertar” do mainstream jornalístico para a natureza do regime político que está em curso no país vizinho. Um exame mais cuidadoso do conteúdo das respectivas publicações revela que elas não merecem aplauso algum.

Maduro não inspira ninguém, é só um lacaio do Foro de São Paulo – Guilherme Macalossi

Ainda sobre o editorial do jornal “O Globo” tratando da ditadura bolivariana, cabe apontar que, ao contrário do que afirma a publicação, Nicolás Maduro não “inspira projeto autoritário no Brasil”. Fosse assim, ele teria uma relação de comando na hierarquia política com a esquerda brasileira e o PT em particular. Quem conhece a história recente da América Latina sabe que se dá exatamente o contrário.

Economia cresce com Trump, mas a situação política não é favorável para o Presidente  – Hugo Silver

Como a maior parte da informação que circula na televisão do Brasil sobre a política americana é falsa, decidimos criar uma equipe dedicada a trazer a verdade contextualizada para cá.

A ELEIÇÃO DO BREXIT: o que a mídia brasileira não explicou – Victor de Franceschi

Este é o primeiro de uma série de artigos sobre as eleições gerais no Reino Unido que serão produzidos pela Lócus, nos quais serão apresentadas as consequências do resultado sobre a esquerda e a direita britânica, representados pelo Partido Conservador e pelo Partido Trabalhista, respectivamente.

A crise de credibilidade da imprensa americana – Hugo Silver

Se você vive no Brasil, já deve ter ouvido falar algo a respeito de Donald Trump. Muito provavelmente, a maior parte dos comentários que você ouviu a seu respeito — por meio da imprensa ou na sua roda de amigos — é negativa. Saiba que você não está sozinho. Muitos americanos estão sendo expostos pela imprensa americana a este mesmo tipo de comentário diariamente.

Supremacistas brancos e Antifa: dois retalhos do mesmo tecido – Hugo Silver

No último dia 12 de agosto, a pacata cidade de Charlottesville, na Virgínia (EUA), com seus menos de 50 mil habitantes, ganhou notoriedade mundial por ter se tornado palco de confronto violento entre coletivos de extrema-esquerda e supremacistas brancos no qual uma pessoa morreu e 19 ficaram feridas.

Donald Trump, Antifas e repercussão internacional do Santander Cultural – Hugo Silver

Como a esquerda instrumentaliza a tragédia – Hugo Silver

Hoje pela manhã, preferi escutar, calado, o discurso emocionado e pró-desarmamento de um cliente. A experiência foi surreal, pois, enquanto ele falava, eu olhava para minha 9mm escondida sob a mesa. Não posso negar que ser conservador no Estado da Califórnia é uma experiência bastante interessante.

Cesare Battisti, o terrorista protegido – Walter P. Filho

Cesare Battisti nunca foi reconhecido legalmente como asilado político durante os anos em que viveu em Paris. Na verdade, gozava de tolerância do então presidente François Mitterrand, que o protegeu a pedido de intelectuais que frequentavam os salões do poder, mas não ousou lhe conceder a condição de asilado. Esta condição de informalidade foi continuada no governo do presidente Jacques Chirac durante nove anos. A decisão favorável à extradição de Battisti para a Itália, prolatada pela Justiça francesa, percorreu todas as instâncias e foi objeto de debate no Conselho de Estado da França. Todos os recursos possíveis foram apresentados pelos seus advogados.

A Hollywood Democrata é uma Sodoma cenográfica – Guilherme Macalossi

O glamour, a pompa e a pose da classe artística americana se revelaram o invólucro charmoso de um mundo de obscenidades. Hollywood virou uma verdadeira Sodoma cenográfica onde o nível de indecência moral faria a Roma de Calígula parecer um Mosteiro. E no holofote dos graves crimes que vêm a público estão muitas das personalidades que até pouco tempo se notabilizavam pela atuação política e social de esquerda. Gente bem apessoada e defensora da tolerância, do respeito, das minorias, dos gêneros e de qualquer outra causa progressista.

Eleições no Reino Unido – O que está por trás da vitória eleitoral de Jeremy Corbyn? líder do Partido Trabalhista – Victor de Franceschi

Esse é o segundo de uma série de artigos sobre as últimas eleições gerais no Reino Unido. O primeiro artigo pode ser lido aqui. Neste segundo artigo, apresento o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, aponto algumas razões para sua vitória parcial e o movimento político que lhe dá sustentação – o Momentum.

Enquanto a grande mídia mostra Trump alimentando peixes, o Lócus resume o que de fato importa sobre o noticiário internacional – Guilherme Macalossi

Qualquer motivo é suficiente para a grande mídia exercitar sua fanfarronada persecutória contra Donald Trump. A última foi quando o presidente dos Estados Unidos, ao lado do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, foi alimentar um cardume de carpas koi coloridas. Trump derrubou toda a ração de uma só vez, para espanto dos jornalistas presentes. As fotos do momento correram o mundo, viralizando nas redes sociais. Trump foi caracterizado como “impaciente” e sua atitude como prejudicial à saúde dos peixes.

Previous ArticleNext Article

Responder