Celebração da pesquisa de “Melhor Prefeito de Passo Fundo” é a morte do bom senso

Melhor Prefeito de Passo Fundo

Comparar administrações distantes pode agradar o atual prefeito e seus fãs, mas está longe de retratar a realidade: não há como definir tal parâmetro

Steve Harvey – apresentador do concurso Miss Universo de 2015 – ficou conhecido no mundo todo pelo erro ao narrar a candidata vencedora naquele ano. A confusão fez da Miss Colômbia a mulher mais linda do universo por alguns minutos, até que tudo fosse esclarecido e a coroa descansasse na cabeça da real vencedora, a finalista das Filipinas.

Aqui na cidade, uma pesquisa divulgada por uma rádio foi taxativa: “Luciano Azevedo foi o melhor prefeito que Passo Fundo já teve”. O método consistiu em entrevistas com 300 pessoas das mais diversas idades, localizações e grau de escolaridade. Por estas bandas, a coroa continua na cabeça errada, mas vamos tentar dar uma chance para o bom senso.

De 1930 até os dias atuais, Passo Fundo já viu 33 mandatos de 24 políticos diferentes. A pesquisa do “Instituto Reality de Pesquisas” ofereceu os nomes de Luciano Azevedo, Airton Dipp, Osvaldo Gomes, Fernando Machado Carrion e Júlio Teixeira, 5 políticos que passaram pela Prefeitura desde 1983. Assim posto, “o melhor prefeito que Passo Fundo já teve” não olhou para a história da cidade, não comparou as realidades das épocas dos mandatos, e configura-se em um snake oil que pretende curar todos os males, começando pelo discernimento das pessoas.

Perguntar indiretamente para uma pessoa nascida nos anos 1990 ou 2000 sobre a qualidade dos atos administrativos de um prefeito dos anos 1980 – considerando a opinião como avaliação válida – é estarrecedor. Um excesso de confiança na profundidade do ensino de história municipal em nossas escolas.

É claro que o prefeito atual, há 7 anos no poder e com muitos milhões de reais do dinheiro de impostos custeando publicidade estatal, ganhou como o melhor. A pesquisa mostra uma espécie de recall da marca, decaindo conforme o tempo longe do paço municipal de cada gestor avaliado. Não vai além.

 

 

De bom tom, a página oficial da Prefeitura de Passo Fundo ficou fora da divulgação do grande feito. Diferente da página oficial do prefeito Luciano Azevedo. No dia 5 de julho, o canal dedicou uma arte para comemorar:

 


A pesquisa, publicada pelo jornal Troca Troca da rádio Uirapuru e encomendada pela mesma, você confere neste link.

Empresas são livres para contratar pesquisas e promover a ideia que bem entenderem, restando ao público a avaliação da veracidade ou eficácia da ideia posta para a comunidade, bem como o método escolhido. Já para as pessoas que celebram o feito aqui apontado, fica um convite para que avaliem e fiquem com a vitória do bom senso. A realidade está na cara.

Previous ArticleNext Article

Responder