fbpx

Nestor Forster é indicado ao cargo de embaixador nos Estados Unidos no lugar de Eduardo Bolsonaro

Depois da polêmica envolvendo a indicação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ao cargo de embaixador nos Estados Unidos, Nestor Foster será sabatinado no Senado Federal.

O presidente Jair Bolsonaro formalizou o nome de Nestor Forster no fim de outubro de 2019, após Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) desistir do cargo. A indicação de Eduardo enfrentou resistência de parlamentares e levantou a discussão sobre um possível caso de nepotismo. As opiniões foram tão polarizadas quanto qualquer debate político no País. No entanto, até mesmo entre os apoiadores da Família Bolsonaro havia um desconforto com a proposta.

Olavo de Carvalho, por exemplo, muito embora seja elogioso às mudanças que vêm acontecendo desde que Jair Bolsonaro assumiu a Presidência, posicionou-se contrariamente à indicação. Isso porque, para Olavo, Eduardo Bolsonaro vem coordenando um trabalho de investigação do Foro de São Paulo, um fórum de decisões políticas da esquerda latino-americana, com chances de ser deixado de lado se o deputado optasse por “respirar outros ares”.

Após a desistência, a indicação do diplomata Nestor Forster pareceu mais adequada. Na última quinta-feira (6),  o presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), Nelsinho Trad (PSD-MS), leu o relatório sobre a mensagem da Presidência da República que submete o nome de Forster à apreciação do Senado Federal.

Gaúcho, nascido em 1963 em Porto Alegre (RS), Nestor José Forster Junior (imagem) ingressou na carreira diplomática em 1986. Desempenhou funções como a de chefe do Setor de Política Comercial da embaixada em Washington (1992–1995); chefe do Setor Econômico da embaixada em Ottawa (1995–1998); e chefe do Setor Financeiro da embaixada em Washington (2003–2006). Mais recentemente, passou a ser o encarregado de Negócios da mesma embaixada.

 

A sabatina está marcada para a próxima quinta-feira (13). Se for aprovada pela CRE, a indicação ainda dependerá da confirmação do Plenário do Senado.

Previous ArticleNext Article

Responder