Os gastos da Prefeitura de Passo Fundo com o Carnaval 2020

Carnaval 2020

Último carnaval da administração Luciano Azevedo terá evento na Gare e desfile de rua das escolas de samba do Município

O último carnaval da gestão Luciano Azevedo terá shows no Parque da Gare e o tradicional desfile de rua. O último, com responsabilidade da Liga das Escolas e parceria com o montador das estruturas, sem grandes custos diretos para o Município.

De qualquer maneira, os cofres públicos serão subtraídos em no mínimo R$ 51 mil para a realização de eventos relacionados ao Carnaval 2020. Os gastos encontrados no Portal da Transparência são os seguintes:

  • R$ 25.180,00 – Prestação de serviço para locação, montagem e desmontagem de iluminação de pista, sonorização central e carro de som com a empresa All Time Music Hall LTDA de Nova Prata, RS. (Pregão Eletrônico 004/2020 – 2020-22);
  • R$ 9.849,90 – Locação, instalação, manutenção e desinstalação de 30 banheiros químicos (R$ 328,23 cada) com a empresa Banxap – Banheiros Móveis EIRELI EPP, de Chapecó, SC. (Pregão Eletrônico 004/2020 – 2020-21);
  • R$ 16.580,00 – Locação, montagem e desmontagem de palco com 6 x 8 metros, equipamentos de sonorização e iluminação com a empresa Laércio Brocco EPP (On Line Som e Luz) de Marau, RS.

Existe ainda um contrato para “exploração do espaço público para realização do Carnaval 2020, com o fornecimento de materiais e da mão de obra necessários”, com a empresa Anderson Weber Eventos, de São Sepé, RS. Não há um valor total do contrato, mas um acerto de preços que a própria contratada irá cobrar para os ingressos (Arquibancada R$ 20,00 / Camarote 3x4m R$ 3.000,00 / Camarote 5x4m R$ 5.000,00) do público que deverá comparecer na avenida. Fica bem evidenciado que a Prefeitura não efetuará pagamentos para a empresa.

O evento será realizado na avenida 7 de setembro (Parque da Gare) no dia 29 de fevereiro.

É claro que outros gastos indiretos serão contabilizados, especialmente nas horas de trabalho de diversos profissionais da Prefeitura durante meses envolvidos com planejamento e organização do evento, a realização de encontros com representantes das escolas e fornecedores e ainda a alteração da rotina durante o carnaval.

Veja também: Saiba quanto custou o “Carnaval Consolação” da prefeitura de Passo Fundo.

 

O carnaval cancelado de Passo Fundo apareceu no esquerdíssimo “Quebrando o Tabu” ainda em 2017.

 

Encerra assim um ciclo, sendo este o último carnaval de Luciano como prefeito da cidade. A questão foi tema para uma fortíssima campanha velada de marketing da Prefeitura – iniciada em 2014 – com o discutível mote “Prefeito cancela Carnaval e põe ar condicionado nas escolas”, que chegou a virar notícia em blogs “caça cliques” por todo o país. Ainda falta muito para o evento evoluir e ser de fato independente do município, mas parece que tudo está se encaminhando.

Até 2021!

 

Previous ArticleNext Article

Responder