Finalmente um vereador com coragem para expor a gestão de Luciano Azevedo

Em discurso inflamado na tribuna, vereador aponta diversos problemas na gestão Luciano Azevedo, outra vez.

O vereador Rufa (PP) pegou gosto pela oposição ferrenha. Em um pronunciamento contundente na sessão plenária do dia 16 de maio (confira aqui outro destaque), elencou uma série de problemas da administração municipal e a falta de cuidado do prefeito com a coisa pública.

Aproveitando uma alusão à homenagem realizada na Câmara para o Esporte Clube Gaúcho por ocasião do seu centenário, Rufa emendou a lembrança de que em meados de 2014, o prefeito visitou o Ginásio do Teixeirinha e teria declarado que as opções para a edificação eram a demolição ou um gasto da ordem de 15 milhões de reais. Hoje o mesmo prefeito é membro do conselho do S.C. Passo Fundo e o time arrenda o local (a Lei municipal 5108/2015 rege a concessão do imóvel por 20 anos para o time, mediante reforma. A concessão poderá ser prorrogada por mais 20 anos).

Antigo Ginásio do Teixeirinha, já reformado e integrante da área denominada Complexo do GAÚCHO / BSBios ARENA – GINÁSIO TEIXEIRINHA. Fonte: Blog do Sport Clube Gaúcho.

E seguiu. Destacou ainda que o prefeito prefere fazer obras grandes em detrimento das pequenas, como as capelas mortuárias da cidade que estão caindo aos pedaços versus a obra da Gare. Segundo ele, orçada no empréstimo do BID por 6 milhões e executada por 14. Lembrou também das escolas de educação infantil com graves problemas estruturais (que serão mostrados em relatório, em breve) e dos uniformes: mesmo com lei municipal, as peças não estariam sendo entregues conforme o exigido. O pronunciamento acaba com a denúncia dos gastos excessivos das obras na Avenida Brasil, com valores estimados em 17 milhões de reais e a possibilidade de avançar no mandato do próximo prefeito.

Em um pronunciamento de poucos minutos, 5 apontamentos do vereador que faz parte de uma oposição diminuta, em uma Câmara com outros 20 colegas. Com mais apuro e destreza nos modernos canais de comunicação da atual política, Rufa poderia ir muito mais longe (e ser ouvido por muito mais gente).

 

Previous ArticleNext Article

Responder