Os assuntos que marcaram a Sessão Plenária de 21/11/2018

Grande Expediente

O vereador Roberto Gabriel Toson prestou homenagem ao Passo Fundo Futsal. Depois de garantir vaga na grande final da Série Prata 2018, o Passo Fundo Futsal assegurou presença na Série Ouro de 2019. Trata-se da primeira divisão estadual da modalidade. O clube terminou a primeira fase na liderança com 46 pontos e o maior número de vitórias entre os concorrentes. 

Veja a reportagem completa AQUI

Conforme relatou, ainda nesta segunda-feira (19) ele havia se pronunciado sobre a possibilidade de deixar de compor a base política da atual gestão municipal, pegando muitos de surpresa. Agora, porém, faz de maneira oficial. Toson disse que desde julho deste ano tem avaliado a possibilidade com o seu Gabinete, com o deputado federal Danrlei (PSD) e com outras lideranças políticas. Ainda, comunicou a possibilidade de troca de sigla para as próximas eleições. Para o vereador, sua maior motivação foi a falta de espaço para atuar em parceria com o governo municipal.

Ideologia de Gênero

O vereador Eloí da Costa apontou que tem conversado com muitas pessoas sobre ideologia de Gênero – alunos, professores, comunidade em geral – além de procurar a estudar o assunto. Destacou que, embora entenda o posicionamento daqueles que são contra, muitos alunos não podem conversar sobre o assunto em casa. A Lei, portanto, pode impedir que os alunos possam conversar com os professores. Garantiu, no entanto, que o assunto é delicado e irá refletir até a próxima segunda (26), data para a qual está marcada a votação da alteração no Plano Municipal de Educação.

Rafael Colussi apontou que se por um lado o aluno perde a chance de conversar sobre o tema com o professor, ao mesmo tempo impede de professores debater o tema em sala, que pode ser mais negativo do que positivo para crianças e adolescentes em formação.

Alex Necker reafirmou que o Substitutivo será votado na próxima segunda (26), esperando que os debates sejam respeitosos para ambos os lados. 

Programa Mais Médicos

Tchequinho disse que é uma verdadeira injustiça o que estão fazendo com o Presidente eleito, Jair Bolsonaro. Apontou que ele nem assumiu o cargo e já está sendo culpado por uma série de problemas da Gestão Dilma-Temer. Disse ainda que a saída dos médicos cubanos não pode ser atribuída ao seu mandato, que ainda nem começou.

BR-285

Patric Cavalcanti abordou matéria que aponta a BR-285 como uma das mais perigosas do Estado. Segundo o vereador, é a quinta quem mais tem acidentes com morte: 167 no último ano. Em Brasília, parte dos recursos necessários para duplicação foi autorizado, embora insuficiente. 

Projetos aprovados

Como foram muitos os projetos aprovados durante a Sessão, em seguida será publicado matéria especial sobre isso. 

 

Previous ArticleNext Article

Responder