Veja quais vereadores queriam manter a ideologia de gênero nas escolas de Passo Fundo

A Câmara de Vereadores de Passo Fundo aprovou Substitutivo que altera Plano Municipal de Educação da Cidade. Agora, toda e qualquer referência à palavra “gênero” deverá versar, única e exclusivamente, sobre os adjetivos “masculino” e “feminino”. Com a medida, quer-se que a “ideologia de gênero” seja proibida nos currículos escolares, como há tempos vinha solicitando a população.

A votação, que ocorreu durante a Sessão Plenária de 26/11/2018, lotou a Câmara de Vereadores de Passo Fundo, tanto por aqueles que estavam a favor quanto aqueles que estavam contra o Projeto. Veja as imagens a seguir:

Lembrando que o autor do Substitutivo é o vereador Roberto Gabriel Toson. O resultado da votação foi: 15 votos favoráveis, 02 contrários e 03 ausências. Veja a seguir:

A discussão completa pode ser acompanhada AQUI. Veja, abaixo, quais foram os vereadores que queriam a manutenção da ideologia de gênero nas escolas:

Alex Necker (PCdoB) e Gleison (Palhaço Uhu) (PSB) – os vereadores contrários à retirada da ideologia de gênero do Plano Municipal de Educação de Passo Fundo.

 

Previous ArticleNext Article

Responder