Pedro Daneli critica a Reforma da Previdência e os cortes na Educação

Na Sessão Plenária do dia 15/05/2019 da Câmara de Vereadores de Passo Fundo, o vereador Pedro Daneli (PPS) foi o orador do Grande Expediente, momento em que, além dos projetos de sua autoria, falou sobre a Reforma da Previdência que está sendo articulada pelo atual Governo, além dos cortes na Educação.

Reforma da Previdência

Pedro Daneli criticou a forma como está sendo articulada a Reforma da Previdência. Para o parlamentar, as mudanças irão prejudicar as pessoas de maior idade, muitas das quais já estão sofrendo com a falta de oportunidades no mercado de trabalho. “Sou contra essa Reforma que está sendo votada atualmente”, destacou.

Educação

Em dia de Sessão Plenária cheia, ocupada por estudantes, sindicatos e professores contrários às atuais mudanças no Ministério da Educação, Daneli apoiou a manifestação neste Dia Nacional da Educação. Para o parlamentar, os cortes no país não podem começar pela educação, que representa o pilar de formação das atuais e futuras gerações de estudantes e profissionais. “Tem muitos outros cortes que podem ser feitos no Brasil”, falou. 

Projetos

Daneli apresentou na tribuna dois Projetos de Lei de sua autoria.  Um deles obrigaria as empresas prestadoras de serviços contratadas pela Administração Pública Municipal a destinarem vagas a portadores de necessidades especiais e a mulheres que estão com medidas protetivas em virtude de violência doméstica. Para o vereador, trata-se de uma forma de garantir uma oportunidade de trabalho e inclusão social. “Tanto os deficientes quanto as mulheres vítimas de seus parceiros precisam ter uma vida mais estável, uma independência financeira. O projeto prevê a destinação de 10% das vagas dos contratos firmados entre as empresas prestadoras de serviços e a administração direta e indireta do município.

Outro projeto é para a instalação de Wi-Fi nas praças, parques e pontos turísticos de Passo Fundo por intermédio de parcerias público-privadas. Para Daneli, a medida irá ampliar a inclusão digital, a democratizar a informação e o acesso à cultura. Também poderá ser usado como ferramenta educacional para buscas e pesquisas. O Poder Executivo Municipal deverá, a título de garantir a utilização e fornecimento do serviço, proibir o acesso a sites de pornografia, apologia ao crime ou materiais ilícitos.

Vídeo do Grande Expediente

 

Previous ArticleNext Article

Responder