Saúde é pauta de Saul Spinelli na Câmara

Na Sessão Plenária do dia 10/07/2019, Saul Spinelli (PSB) ocupou o espaço do Grande Expediente para falar dos temas mais recorrentes do seu mandato. 

Saúde

Saul Spinelli (PSB) tem grande parte do seu trabalho voltado para a saúde do Município. 

Em reunião nesta quarta (10), o vereador organizou o I Fórum de discussão para Políticas Públicas de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento de Câncer, que reuniu uma série de entidades de Passo Fundo em conjunto com as instituições de ensino.

Anunciou que o Dr. Bonald Cavalcante, pesquisador do Hospital Pequeno Príncipe de Curitiba, virá à Passo Fundo em setembro deste ano  para, junto com os participantes do Fórum, falar sobre o rastreamento do câncer em recém-nascidos. Esse trabalho de prevenção já é realizado em todas as cidades do Paraná. Saul quer que Passo Fundo seja a primeira cidade do Rio Grande do Sul a adotar essa prática.

Saul lembrou que Passo Fundo é a única cidade do Brasil que conta com o Centro de Internação de Crianças com Câncer, desenvolvido em parceria com a UPF e a Secretaria de Educação municipal, que disponibiliza dois professores da rede pública para auxiliar as crianças em tratamento. O objetivo é evitar que as crianças em tratamento sejam prejudicadas pelo afastamento da escola durante o período de internação. 

O Hospital São Vicente de Paulo conta com o Centro Oncológico Infanto-juvenil, que dá suporte ao trabalho que vem sendo desenvolvido na cidade. Para o vereador, a busca por recursos é uma tarefa permanente na sua atividade parlamentar. 

Saul também mencionou uma lei recém aprovada de sua autoria, a Lei n. 5.395/2019, que institui o Programa Doadores do Amanhã, cujos objetivos são:  I – Conscientizar os estudantes sobre a importância da doação voluntária de sangue e de medula óssea. II – Promover cursos, seminários, palestras e campanhas para os alunos, seus familiares e a comunidade em torno das Escolas; III – Organizar ações de conscientização e incentivo à doação, em conjunto com os demais órgãos do Poder Executivo, realizando parcerias com instituições públicas da esfera Estadual, Federal e Entidades da sociedade civil, visando a orientação e a conscientização acerca da relevância da doação de sangue e de medula óssea. O projeto foi aprovado durante a Sessão Plenária do dia 19/12/2018

De acordo com o parlamentar, Passo Fundo precisa de 80 doações diárias de sangue para abastecer o banco de sangue, mas que, até o momento, são cerca de 40 em média. 

É de sua autoria também a Lei n. 5.277/2017, que torna obrigatório a disponibilização do resultado do exame citopatológico do colo do útero (papanicolau) no prazo de 30 dias. Trata-se de uma medida importante para prevenção e tratamento do câncer feminino.

Homenagens

Saul Spinelli também prestou homenagem à empresa GM Materiais para Construção. Há 30 anos desenvolve suas atividades no Município, gerando empregos e colaborando com uma série de iniciativas na cidade. São cerca de 60 funcionários em atividade. 

Também apontou o trabalho desenvolvido pela CIEE, que desenvolve suas atividade em Passo Fundo há cerca de 40 anos. Trata-se de um intermediador dos jovens com o mundo do trabalho. A agência municipal atende cerca de 110 municípios da região. 

Vídeo do Grande Expediente

 

 

Previous ArticleNext Article

Responder