Entre em contato

Passo Fundo

Coronavírus foi tema de 65% dos posts da Prefeitura de Passo Fundo no Facebook em Janeiro

Publicado

on

Coronavírus foi tema

Boletins, vacinação, alertas sobre contágio e pedidos para que a população não se aglomere dominaram a rede social do Município no primeiro mês da nova administração

Os responsáveis pela página oficial da Prefeitura de Passo Fundo no Facebook realizaram 97 postagens em janeiro, mês de estreia do novo prefeito, Pedro Almeida.

Destas, 63 foram sobre a pandemia. Boletins diários sobre casos e mortes, apelos para que a população respeite as recomendações tradicionais (uso de máscara, lavar as mãos e não aglomerar) e muitas informações sobre o dia a dia da vacinação foram exibidas para a audiência em cards, textos e vídeos.

Página da Prefeitura no Facebook: Coronavírus até na capa.

Algumas amenidades (foram 7) como fotos da cidade ajudaram a manter a página nos feeds dos passo-fundenses. As tradicionais divulgações de promessas e status das obras do município (10) e programas de governo (7) destacaram-se no saldo das postagens.

Os 15 posts com mais reações na página.

O post de anúncio do novo Ecoponto foi o mais destacado no período, com 600 reações e 360 compartilhamentos, seguido por duas atualizações sobre vacinas (585 reações, 268 compartilhamentos e 578 reações, 63 compartilhamentos).

Poderia ser melhor

A Prefeitura não possui um site padrão de mercado para exibição de dados ao cidadão, mas poderia fazer melhor com os recursos que possui, publicando gráficos mostrando a evolução diária dos casos, hospitalizações e mortes causadas pela pandemia. Existe apenas a visão “do dia” nos boletins.

Site preterido

O próprio site da Prefeitura, que mantém uma seção de notícias, não aparece como conteúdo no Facebook. Os gestores preferem em alguns casos postar uma imagem e colar o texto criado pela comunicação em anexo. O problema da presença digital do Município na internet atravessou a década e até hoje não foi resolvido.

Falta empenho

Segundo a transparência do Facebook, 17 pessoas possuem acesso para administrar, analisar ou postar na página da Prefeitura de Passo Fundo. Uma equipe enorme.

Apesar da grande equipe de comunicação montada nas administrações Luciano Azevedo e mantida no seu cerne com Pedro Almeida – além do gordo contrato com agência de publicidade para suporte – a Prefeitura até hoje é deficiente nas redes sociais e não consegue produzir conteúdo além do básico, ainda presa no modelo de releases para a imprensa e a terceirização do engajamento. É mais fácil encontrar um cidadão insatisfeito gritando em caixa alta nos canais das rádios amigas. Um verdadeiro firewall.

No final da história, em termos de criação de conteúdo, parece que a pandemia até ajudou.

Continue Lendo
Comentários

Copyright © 2021. Lócus Online.