Meirelles e o comparativo da economia entre 2016 e 2017: o Brasil vai saindo da fossa das Marianas do PT

O esforço do governo para tirar o país da crise, uma verdadeira fossa das Marianas fiscal produzida por Dilma e por Lula, é tão grande quanto o esforço da esquerda em inviabilizá-lo. A medidas econômicas saneadoras adotadas tiveram radical oposição do PT e de seus satélites radicais. 2018 tem tudo para ser até pior, visto que a votação da Reforma da Previdência ficou para o próximo mês de fevereiro.

Mesmo com a militância dos defensores do status quo arcaico, os números positivos estão ai. Nas redes sociais, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, responsável por capitanear o esforço de retomada do crescimento, fez um balanço geral das ações tomadas até aqui, comparando o ano de 2016 com o ano de 2017.

Leia também: Sem Meirelles, Lula teria sido a Dilma

A geração de empregos, negativa nos últimos dois anos, finalmente voltou a ficar no azul. Em 2015, ainda durante o governo Dilma, foram -1,5 milhões de postos de trabalho, com o percentual já começando a cair em 2016 para -1,3 milhões. Agora, em 2017, são + 299 mil empregos gerados.

Meirelles também destacou os números de outras áreas como juros, inflação, produção industrial, PIB e risco país. Em todas elas, a evolução do país é espantosa:

Inflação em 2016: 9,28%
Inflação em 2017: 2,80%

Juros em 2016: 14,25%
Juros em 2017: 7%

Produção industrial em 2016: – 6,6%
Produção industrial em 2017: + 1,50%

PIB em 2016: – 3,60%
PIB em 2017: + 1,10%

Risco país em 2016: 370
Risco país em 2017: 163

É bom ressaltar que tudo isso foi conseguido em pouco mais de um ano e que todos esses resultados serão em vão se não houver continuidade ao trabalho executado até aqui. Ainda que o Brasil esteja se recuperando, trata-se apenas do início de um longo percurso até um clico sustentável de progresso.

Há quem tente apresentar soluções mágicas, como se detentor de uma providência particular capaz de transformar o país. Esse discurso demagógico será usado para tentar enganar a população na próxima eleição. Seus portadores são os que nos jogaram na fossa das Marianas fiscal.

Se você gostou deste artigo ou de outros de nossos materiais, clique no link abaixo e apoie o Lócus fazendo uma assinatura anual. Com ela você terá acesso a conteúdos exclusivos.

Previous ArticleNext Article

Responder