fbpx

Alex Necker lamenta pelo fim do Programa Mais Médicos e defende ideologia de gênero no seu Grande Expediente

Alex Necker (PCdoB) fez uso da tribuna para falar sobre alguns temas polêmicos que têm gerado uma série de discussões nas redes sociais, muitas das quais há notícias diárias. Sua fala ocorreu durante a Sessão Plenária do dia 19/11/2018, na Câmara de Vereadores de Passo Fundo, no seu Grande Expediente.

Plano Municipal de Educação (PME)

Alex Necker tem sido um dos maiores defensores da ideologia de gênero na Câmara. Para o vereador, o Plano Municipal de Educação só pode ser alterado após quatro anos de vigência, conforme consta no Projeto de discussão do mesmo.

Em muitas oportunidades, Necker apontou que o avanço do conservadorismo tem prejudicado uma série de pautas em todas as instâncias legislativas pelo Brasil, o que para ele é um regresso. Vale lembrar, no entanto, que grande parte daquilo que o vereador defende, como legalização do aborto, educação sexual e legalização das drogas, versa sobre assuntos abominados pela maior parte da população brasileira.

Destaca-se que grupos de passo-fundenses têm se reunido para combater a difusão da ideologia de gênero. A mudança no PME tem sido alvo de pressão sobre os vereadores, já que há muitos pais incomodados na maneira como as escolas vêm inserindo o tema nas suas grades curriculares.

Durante a Sessão, fez-se presente parte destes grupos interessados no fim do ensino de gênero nas escolas. Veja a seguir:

Lei dos Canudinhos

A Lei dos Canudinhos foi promulgada pelo prefeito Luciano Azevedo, projeto de autoria do vereador Alex Necker. Para o vereador, a Lei representa um avanço para a Cidade, acompanhando medidas que vêm sendo adotadas pela União Europeia. Portanto, o fornecimento de canudos de papel biodegradável e/ou reciclável agora é lei em Passo Fundo. O Projeto havia sido votado durante a Sessão Plenária de 15/10/2018

Veja AQUI matéria explicando melhor a Lei que agora está em vigor. Os estabelecimentos comerciais terão 180 dias para se adequar. O vereador disse que espera contar com a colaboração dos estabelecimentos para que a Lei possa ser cumprida efetivamente.

Programa Mais Médicos

O vereador lamentou o fim do Programa Mais Médicos. Quando foi criado, conforme explicou, visava atender a demandas de saúde, sobretudos nas comunidades mais pobres e localidades mais afastadas. 

O assunto é constantemente discutido nos noticiários e nas redes sociais. Não são poucos aqueles que afirmam que boa parte dos profissionais cubanos não passavam de agentes infiltrados no país. Muitos médicos brasileiros se manifestaram contrários ao Programa, isso porque a formação dos cubanos é insuficiente e muito abaixo da brasileira. Ainda, sabe-se que o médico cubano recebe apenas uma parte do salário, pois a outra é repassada para o governo de Cuba. A proposta de Bolsonaro é que os médicos recebam o valor integral, sem repassem para a Ilha. O governo cubano não aceitou a mudança.

Necker lamentou o fim do Programa porque será muito difícil suprir a carência que a saída dos médicos irá representar, sobretudo para o dia-a-dia das comunidades. 

Vídeo completo do Grande Expediente do vereador Alex Necker

 

Previous ArticleNext Article

Responder