Paulo Guedes utiliza ciclovia como exemplo de má gestão dos municípios

O ministro da Economia, Paulo Guedes, abriu o painel “Compromissos + Brasil: Economia”, no dia 09/04, na XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que está sendo realizada entre os dias de 8 a 11 abril, em Brasília.

O ministro falou para cerca de 5 mil pessoas – entre elas prefeitos de todo o país e gestores públicos estaduais e municipais – sobre o novo pacto federativo, a Nova Previdência e as medidas para simplificação, redução e unificação dos impostos.

O trecho inicial apresenta com precisão para que veio contribuir Paulo Guedes para a compreensão da economia e da divisão dos poderes. Veja a seguir:

Na ocasião, sustentou que se todos os estados e municípios estão apertados, passando por problemas financeiros, isto significa que algo está errado, que algo sistêmico pode estar acontecendo. Para Guedes: 

É preciso limitar o poder da União e descentralizar os recursos. O dinheiro tem que ir para onde o povo está, para a base, ou seja, para os municípios. Os orçamentos podem ser formulados em Brasília, mas a execução é com os governadores e com os prefeitos.

Sobre o novo Pacto Federativo, a ideia é colocar o dinheiro na “base”. Guedes afirmou que o correto seria repassar de 65% a 70% do orçamento aos estados e municípios e que a União conseguiria sobreviver com os 30% restantes: “Em Brasília não falta nada, mas lá embaixo [estados e municípios] falta tudo”. 

Ainda, para o ministro, no que tange às gestões municipais, há uma série de problemas no destino dos recursos gastos. Mesmo assim, a partir de agora, será preciso confiar no papel da democracia e na confiança do candidato sobre o qual a população elegeu: 

“Ah, mas eles não sabem administrar, eles vão fazer uma ciclovia no lugar de fazer uma escola”, alguns poderão afirmar. “Se ele fizer assim, perderá a próxima eleição!”, pontuou. 

Tal como ocorre em Passo Fundo, cidades do Brasil inteiro apresentam mal exemplo na gestão dos recursos públicos, algo que precisa acabar. Isso pode ser feito com a fiscalização da população.

Para assistir à palestra completa de Paulo Guedes, o vídeo está disponível abaixo:

Previous ArticleNext Article

Responder