Entre em contato

Governo Bolsonaro

Tchequinho rasga Veja e ataca: “Revista tendenciosa”

Publicado

on

Na Sessão Plenária do dia 15/07/2019 da Câmara de Vereadores de Passo Fundo, o vereador Tchequinho (PSL) não poupou a Revista Veja sobre a última reportagem publicada acerca do ministro Sergio Moro. Na ocasião, destinou críticas à Globo e à grande imprensa em geral.

Tchequinho foi um dos primeiros parlamentares da Casa a se posicionar favoravelmente à candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência. Por conta disso, foi expulso pelo PSB, partido do prefeito Luciano Azevedo. Em seguida, filiou-se ao PSL, tornando-se o primeiro vereador do Rio Grande do Sul a compor o partido de Bolsonaro. 

A crítica na tribuna recaiu sobre a última edição da Veja (imagem), que insinua irregularidades por parte do ministro Sergio Moro durante etapas da Operação Lava Jato, momento em que era o juiz responsável pelo julgamento dos processos. Os ataques só aumentaram desde que o site Intercept divulgou supostas conversas entre o ex-magistrado e os procuradores responsáveis pela acusação.

No seu discurso, ressaltou que a população já se vale de outras fontes para buscar informações. Muitos, conforme disse, estão cientes de que a grande mídia já não representa uma fonte segura de notícias, muitas vezes publicando matérias tendenciosas para atacar o Governo Bolsonaro ou qualquer posicionamento que afronte a Esquerda.

Na Tribuna, rasgou a revista, denunciando a inversão de valores proferida, isso porque, em defesa do Brasil, Sergio Moro está sendo atacado por um discurso irresponsável, algo de críticas caluniosas e uma série de injúrias. “Quando a notícia é lixo, merece o seu devido lugar”, apontou.

Vídeo com a fala do vereador

Continue Lendo
Comentários

Covid-19

Eva Lorenzatto: “Está escancarada a corrupção no Governo Bolsonaro”

Publicado

on

A petista Eva Lorenzatto ocupou a tribuna para relatar as recentes acusações sobre os desvios de recursos nas compras de vacinas

A vereadora Eva Lorenzatto (PT) usou a tribuna na Sessão Plenária do dia 23 de junho de 2021, da Câmara de Vereadores de Passo Fundo, para tecer comentários sobre o depoimento do ex-ministro Osmar Terra. De acordo com a parlamentar, a fala de Terra comprova que Bolsonaro é o grande responsável pelo descaso com o povo brasileiro, por conta da pandemia.

Sobre as recentes acusações envolvendo a compra da vacina indiana Covaxin, disse que havia sido comprada antes da autorização da Anvisa, por um preço, segundo ela, “mil por cento mais caro do que o anunciado”, mais cara do que a vacina da Pfeizer. Conforme relato da parlamentar, a empresa que intermediou o contrato está sendo acusada de fraude:

“Comunidade, qual é a desculpa agora? Está escancarada a corrupção no Governo Bolsonaro”

Rodinei Candeia (PSL) fez uso do aparte, por questão de ordem, apontando que a vereadora estava se valendo de expressões injuriosas. Segundo o parlamentar, conforme recente manifestação do Ministério da Saúde, essa compra nunca aconteceu e nem mesmo foi disponibilizado esse valor. Para ele, a vereadora estava fazendo uma afirmação injuriosa, além de caluniosa sobre o Governo Bolsonaro. Candeia pediu que a vereadora fizesse retratação da fala, pois não há comprovação de que há crime e, portanto, ela não poderia fazer essa afirmação.

A Mesa Diretora, todavia, não atendeu a solicitação do vereador Candeia:

Continue Lendo

Geral

“Se hoje o Bolsonaro disser que água faz bem, amanhã vão começar a dar Qboa para o pessoal tomar”

Publicado

on

Ada Munareto (PL) e Rodinei Candeia (PSL) criticaram a maneira com a qual a grande mídia retrata as ações do Governo Bolsonaro

Na Sessão Plenária do dia 9 de junho, Rodinei Candeia (PSL) criticou recente texto da Folha de São Paulo do jornalista Vinicius Torres Freire, com o seguinte título: “Economia dá mais sinais de despiora”. Para o parlamentar, a grande mídia é incapaz de colocar qualquer palavra que sinalize algo de positivo referente ao Governo Bolsonaro:

Olha a que ponto chega o escárnio de uma mídia corrupta que quer manipular a opinião pública a ponto de não querer colocar uma palavra positiva para retratar com fidelidade a situação que nós estamos vivendo na economia brasileira atual”.

Já na Sessão Plenária desta segunda-feira (14), Ada Munaretto (PL) criticou as recentes postagens de jornalistas de esquerda. Uma delas até uso de expressões racistas para se referir a manifestantes a favor de Bolsonaro. De acordo com a parlamentar, se a mesma postagem tivesse sido feita por um apoiador do presidente, a grande mídia não iria deixar passar em branco.

Continue Lendo

Governo Bolsonaro

Num ato de intolerância a opiniões contrárias, vereadora petista ataca Paulo Guedes

Publicado

on

“Será que não está na hora de o povo brasileiro expulsar esse senhor do nosso país?”, questiona Eva Lorenzatto (PT)

Quando um petista decide se manifestar, é quase certo que um ato de intolerância com qualquer opinião contrária às diretrizes do partido irá escapar.

A petista Eva Lorenzatto tem dado amostras constantes daquilo que a esquerda tem maior dificuldade de lidar, que é a liberdade de expressão. Por conta de recentes posicionamentos do ministro Paulo Guedes, um dos homens de maior influência no Governo Bolsonaro, a parlamentar questionou: “Será que não está na hora de o povo brasileiro expulsar esse senhor do nosso país?”

De acordo com a parlamentar, Guedes criticou a manutenção do Sistema Único de Saúde pelo atual formato, o que, para ela, é inadmissível.

É certo que a palavra “democracia” só serve para os partidários da vereadora. Opiniões divergentes… nem pensar! É certo que Passo Fundo terá que lidar com longos quatro anos de gritos de “Lula Livre” e “Bolsonaro genocida” na tribuna.

Continue Lendo

Assine nossa newsletter

* indicates required

Mais Acessados

Copyright © 2021. Lócus Online.