Tchequinho rasga Veja e ataca: “Revista tendenciosa”

Na Sessão Plenária do dia 15/07/2019 da Câmara de Vereadores de Passo Fundo, o vereador Tchequinho (PSL) não poupou a Revista Veja sobre a última reportagem publicada acerca do ministro Sergio Moro. Na ocasião, destinou críticas à Globo e à grande imprensa em geral.

Tchequinho foi um dos primeiros parlamentares da Casa a se posicionar favoravelmente à candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência. Por conta disso, foi expulso pelo PSB, partido do prefeito Luciano Azevedo. Em seguida, filiou-se ao PSL, tornando-se o primeiro vereador do Rio Grande do Sul a compor o partido de Bolsonaro. 

A crítica na tribuna recaiu sobre a última edição da Veja (imagem), que insinua irregularidades por parte do ministro Sergio Moro durante etapas da Operação Lava Jato, momento em que era o juiz responsável pelo julgamento dos processos. Os ataques só aumentaram desde que o site Intercept divulgou supostas conversas entre o ex-magistrado e os procuradores responsáveis pela acusação.

No seu discurso, ressaltou que a população já se vale de outras fontes para buscar informações. Muitos, conforme disse, estão cientes de que a grande mídia já não representa uma fonte segura de notícias, muitas vezes publicando matérias tendenciosas para atacar o Governo Bolsonaro ou qualquer posicionamento que afronte a Esquerda.

Na Tribuna, rasgou a revista, denunciando a inversão de valores proferida, isso porque, em defesa do Brasil, Sergio Moro está sendo atacado por um discurso irresponsável, algo de críticas caluniosas e uma série de injúrias. “Quando a notícia é lixo, merece o seu devido lugar”, apontou.

Vídeo com a fala do vereador

Previous ArticleNext Article

Responder