Prefeitura de Passo Fundo gasta R$ 18 mil com pesquisa de opinião em agência de publicidade

pesquisa de opinião

O prefeito quer saber o que a população pensa sobre as “ações e medidas em relação ao COVID-19”. Para tanto, chamou a agência que já atende a Prefeitura

No meio da crise provocada pelo coronavírus e decretos municipais e estaduais que engessaram a atividade econômica na cidade de Passo Fundo, o prefeito resolveu testar a sua popularidade e ouvir a voz do povo, usando o nosso dinheiro.

Um empenho denominado “Prestação de serviço pesquisa quantitativa para verificar a posição da população sobre as ações e medidas em relação ao covid-19” no valor de R$ 18 mil reais e em favor da Centro – Agência de Comunicação e Marketing LTDA foi emitido no dia 9 de abril.

O empenho 2020-5838, no Portal da Transparência.

Como é uma espécie de aditivo ao contrato de publicidade já existente com a prefeitura, poucos são os detalhes disponíveis para a população sobre este gasto, metodologia do trabalho e tantas outras informações que a nossa transparência costuma sempre turvar.

Veja também: A caixa-preta dos gastos com publicidade na prefeitura de Passo Fundo.

Não podemos confundir com um trabalho que foi anunciado para a imprensa nos últimos dias, uma pesquisa em nove cidades que inclui Passo Fundo no roteiro, para investigar questões referentes ao coronavírus. Esta, como a própria Prefeitura anuncia em reportagem no site oficial, “O custo do trabalho, de R$ 1 milhão, será financiado pelas instituições apoiadoras do projeto: Unimed Porto Alegre, Instituto Cultural Floresta, também da capital, e Instituto Serrapilheira, do Rio de Janeiro.”.

Com a palavra, a Câmara de Vereadores.

Previous ArticleNext Article

Responder