fbpx

Dez perguntas para um candidato a vereador em Passo Fundo

Dez perguntas

Se um dos 336 candidatos da cidade aparecer na sua porta ou na rede social, esteja preparado! Faça logo as dez perguntas a seguir e espere a resposta antes de pensar em votar

Passo Fundo tem 336 candidatos disputando uma das 21 vagas na Câmara de Vereadores. Ainda que nem todos estejam diretamente ligados aos candidatos a prefeito, de uma forma ou de outra representam um dos sete “projetos de poder” para administrar Passo Fundo pelos próximos 4 anos.

Prometer mundos e fundos em campanha é fácil, bem como defender ideologias, discursos ou práticas “da moda” em certos círculos para ganhar votos e depois dar uma banana para o eleitor. Nós já vimos esse filme e estamos aqui para ajudar você a procurar um candidato que esteja alinhado com o seu modo de pensar, deixando “documentada” a escolha.

Para isso, preparamos 10 perguntas para você fazer em caso de encontro com candidatos na sua casa, em eventos políticos ou até mesmo nas redes sociais. Nem todas são inspiradas em atribuições diretas do cargo, mas indagações que poderão definir o perfil geral do político ou aspirante.

1. Por que você quer ser vereador (ou tentar a reeleição)?

Aqui você poderá separar o candidato-chavão que quer “renovar a política”, “trabalhar pelo povo” ou “representar a [insira aqui a classe]” daquele concorrente com algum plano realmente interessante para a Câmara, com visão global.

2. Você concorda com a diminuição radical de impostos cobrados pela prefeitura? Do atual percentual cobrado no ISS, se tivesse poder para tanto, baixaria para 0? 1%?

3. Você concorda com a ampliação dos serviços públicos em saúde e educação prestados pelo município, construção de mais postos de saúde e vagas na educação infantil? 

Aqui, a análise é em dupla. Se o candidato responder que quer reduzir impostos e aumentar serviços públicos, peça para que elabore e forneça números. 

4. Eleito, se usar diárias nas viagens para tratar de assuntos do mandato, vai dar transparência completa (no site da Câmara ou em site próprio) sobre as notas fiscais dos gastos e devolverá a diferença ou você acha justo “ficar com o troco”, usar a diária como complemento da “renda” do vereador?

A pergunta se explica sozinha, mas você ficaria espantado com a quantidade de vereadores que embolsa a diária e não declara os dados.

5. Quais foram os maiores erros e acertos (cite pelo menos dois de cada) da atual legislatura? O que você faria de diferente?

Seria de bom tom o candidato estar por dentro do legislativo local, antenado com o que acontece na Câmara, mostrando que não está caindo de paraquedas na política. Desconfie de quem diz algo do tipo “não sei nada sobre a Câmara, vou saber se for eleito”. 

6. Quais foram os maiores erros da administração Luciano Azevedo e o que você teria feito para tentar impedir as ações? E que aspecto deve ser elogiado? Fale sobre um Projeto de Lei do Executivo dos últimos 8 anos.

Mais uma vez, prova de conhecimento sobre a situação política e racionalidade perante o prefeito como parceiro ou adversário político.

7. Diante da oportunidade de elaborar um “revogaço” de Leis municipais, quais você colocaria na lista? 

Será que o candidato já tem vontade de acabar com alguma lei inútil de Passo Fundo? Dica: se for candidato a reeleição, pergunte se já tentou. Se ele não for capaz de mencionar uma única lei, você já sabe.

8. Você já tem um Projeto de Lei para apresentar nos primeiros dias de mandato? Falando em projetos, você é capaz de redigir estes textos ou precisa do suporte de uma equipe de assessores? Complementando: você já escreveu algo publicamente, algo que possa ser lido facilmente para avaliação?

Quer ser vereador? Sabe o que quer e como fazer? Veremos.

9. Você faz campanha com dinheiro público, recursos próprios ou doação de pessoas físicas? Quanto deverá custar a sua campanha?

Aqui, a questão financeira: o que for dito pelo candidato poderá ser conferido no site do TSE.

10. Quem você levará para a equipe, caso eleito? São pessoas indicadas pelo partido, cabos eleitorais que trabalharam na campanha ou pessoas capacitadas trazidas do mercado de trabalho em geral? Como será o seu gabinete?

Confira a qualificação das pessoas que vão acompanhar o vereador por quatro longos anos.

 

A Lócus tem um longo trabalho de análise e monitoramento da Câmara de Vereadores de Passo Fundo. Nosso site poderá servir de subsídio para outras perguntas além das dez sugeridas.

Se você conseguiu confrontar algum candidato para fazer pelo menos um dos questionamentos, entre em contato com a gente para contar se a resposta foi simplória ou de grande valia para a comunidade. Em momento oportuno (depois do período eleitoral) o material poderá servir de análise. Boa caçada!

Previous ArticleNext Article

Responder