Videomonitoramento será solução para segurança em Passo Fundo?

Márcio Patussi (PDT) foi o responsável pelo último Grande Expediente de 2018. Sua fala ocorreu durante a Sessão Plenária de 19/12/2018. A principal pauta do vereador na tribuna foi acerca do Projeto Guardião, um sistema de videomonitoramento de alta tecnologia para reforçar a segurança na cidade.

Segurança Pública

O problema com a segurança pública não afeta apenas a cidade de Passo Fundo, mas o Brasil inteiro. Patussi informou que, apenas para citar um setor, 155 agências bancárias foram assaltadas em 2018 no estado do Rio Grande do Sul. 

Videomonitoramento

Segundo o vereador, a partir desta quinta-feira (20), começam a funcionar as 58 novas câmeras monitoradas na sala de operações, no 3º RPMon da Brigada Militar, distribuídas em diversos pontos da cidade, seguindo um estudo realizado pela BM e Polícia Civil. Também foi ativada uma “sala espelho” na Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (DEFREC)  para que esse monitoramento possa ampliar o trabalho da Polícia Civil nos inquéritos e investigações. Trata-se da primeira fase do Projeto Guardião. 

Os equipamentos foram adquiridos a partir de um esforço conjunto das entidades empresariais do Município, que investiram mais de R$ 350 mil na compra dos equipamentos, por meio da Acisa e do Consepro.

Patussi cobrou do poder público a execução do processo de licitação para a aquisição de mais 78 câmeras pela Prefeitura. Lembrou que 16 dos 21 vereadores contribuíram com o projeto através de emendas impositivas, parabenizando os parlamentares pela iniciativa. 

A ideia é que, até o fim do próximo ano, sejam instaladas na cidade 200 câmeras, incluindo as que devem ser adquiridas pelo Executivo. Embora o projeto esteja iniciando, Patussi está muito confiante com a eficiência, usando o exemplo de Marau, que, com cerca de 200 câmeras, melhorou consideravelmente os problemas de segurança que afetavam o bem-estar da população. “Trata-se de um projeto de amadurecimento, de construção”, apontou. 

Batalhão de Operações Especiais

O vereador também aproveitou o espaço para parabenizar o 3° Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar, pelo trabalho desenvolvido não só em Passo Fundo, mas também nos mais de 80 municípios da região atendidos por esses policiais. No Município, o BOE atua desde 1996. 

Vídeo do Grande Expediente

Previous ArticleNext Article

Responder