Resumo da Sessão Plenária de 04/12/2019

Acompanhe o resumo da Sessão Plenária desta quarta-feira (04) da Câmara de Vereadores de Passo Fundo. 

Tribuna Popular

Por solicitação do vereador Rafael Colussi (DEM), o espaço da Tribuna Popular foi cedido ao presidente da Associação Passo-fundense de Cegos (Apace), Fábio Flores, falando sobre os 20 anos da entidade que luta pela inclusão social dos portadores de deficiência visual. O presidente da instituição informou sobre o jantar comemorativo promovido pela Apace, no próximo sábado (7), às 20h, no CTG Osório Porto. O valor do ingresso para adulto é de R$ 35, crianças até seis anos não pagam, dos sete aos 12 anos pagam meia entrada. Os valores arrecadados serão revertidos para a instituição e ajudará a manter as atividades.

Grande Expediente

Márcio Patussi (PDT) prestou reconhecimento aos 30 anos de atividades da Bortolini Imóveis, líder no mercado do segmento imobiliário no norte gaúcho. A empresa, fundada em 1989, recebeu placa de Honra ao Mérito.

Cultura

Pedro Daneli (Cidadania) reconheceu a conquista do Estúdio de Danças Jorge Rios, premiado no All Dance World (Orlando/EUA). Eles conquistaram oito premiações de primeiro lugar, uma de segundo lugar, e duas de terceiro. O Campeonato All Dance é uma das maiores organizações de Dança do Mundo, com presença em mais de 100 países.

Vetos

Luiz Miguel Scheis (PDT) criticou o Poder Executivo Municipal pelos vetos a dois projetos de sua autoria. Um deles, o PL 05/2019, que torna obrigatório o plano de evacuação em situações de risco em todos os estabelecimentos de ensino. O outro, o PL 75/2019, que dispõe sobre a obrigatoriedade da divulgação da lista de espera em consultas médicas por especialidade, exames médicos e procedimentos cirúrgicos na rede pública de Saúde. Para o parlamentar, embora tenha tido o reconhecimento sobre a importância das propostas, esse não foi o mesmo entendimento do Executivo. Os vetos irão à votação na Sessão Plenária da próxima segunda-feira (09).

Governo do Estado

Fernando Rigon (PSDB) disse que o atual governador do Estado, Eduardo Leite, não pode ser o único responsável pela crise das contas públicas. Conforme quadro apresentado na Sessão, há décadas o Rio Grande do Sul passa por problemas financeiros. Ainda, apontou que a gestão de Dilma e Temer foi desastrosa para o País, e isso se reflete aqui.

Estacionamento rotativo

Conforme Tchequinho (PSL), não é preciso ir atrás das notícias ruins da atual gestão municipal, pois elas chegam de alguma forma. Desta vez, o relato de uma senhora que foi multada por causa de um minuto a mais na vaga. Para o vereador, isso mostra o desespero arrecadatório da Prefeitura. “Estão saqueando o povo passo-fundense”, apontou.

Pagamento de diárias

Eloí Costa (MDB) criticou o atual sistema de pagamento de diárias. Há considerável diferença de valores entre presidente da Câmara, vereadores e demais servidores. Ainda, o valor recebido não leva em consideração aquilo que foi gasto, sendo até possível “lucrar” com uma viagem. Para Eloí, seria importante que as diárias estivessem condicionadas a gastos efetivamente realizados.

Previous ArticleNext Article

Responder