Entre em contato

Estaduais/RS

Funcionários públicos gaúchos se superam e criam “greve via home office”

Publicado

on

procergs

Funcionários da PROCERGS, estatal gaúcha de processamento de dados, estão cruzando os braços do conforto dos seus lares, remotamente

A PROCERGS é uma estatal gaúcha que atua no processamento de dados e tem como clientes, entre outros, DETRAN, Polícias e diversos órgãos do governo estadual. Nos primórdios da internet brasileira, também foi provedor de acesso através da Via RS. É aquele tradicional caso do governo atuando onde empresas privadas não possuem capacidade ou interesse, especialmente no ramo de tecnologia da informação. É claro, contém ironia.

Com a pandemia e a adoção do trabalho remoto na estatal, o Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados no estado do RS (filiado à Central Sindical e Popular CSP-Conlutas) precisou inovar: para lutar pelos “direitos do Acordo Coletivo”, organizou uma concentração virtual, colocando 180 funcionários da Estatal em uma sala do Google Meet durante os dois turnos da segunda, 18 de janeiro.

Ainda, segundo o SindPPD:

“Se a direção da empresa e o governo estadual duvidavam de que a GREVE VIRTUAL realmente iria acontecer, os trabalhadores da PROCERGS mostraram, no dia de hoje, que não estão para brincadeira. Colegas de diferentes setores e do interior do estado estão paralisados. Alguns setores, como o de Conectividade, estão totalmente parados.

Há vários trabalhadores em férias, mas podemos ampliar a nossa GREVE VIRTUAL. Chamamos os que ainda estão trabalhando a paralisar junto com os demais colegas. Quem estiver retornando das férias já pode entrar em GREVE direto. Quanto mais gente no movimento, mais força teremos para pressionar pela manutenção do nosso Acordo Coletivo (ACT). Quanto mais trabalhadores na GREVE VIRTUAL, mais rápido resolveremos o impasse!”

O protesto virtual continuou na terça, 19.

Ideologicamente, o SindiPPD é primo-irmão do Sindicato dos Comerciários de Passo Fundo. Relembre em Empregados da Havan organizam protesto contra sindicato em Passo Fundo. Parece que o jogo virou, não é mesmo?, de junho de 2019.

Acima: a greve virtual na procergs. Foto: Twitter do Sindicato.

Se o protesto continuar, o sindicato poderá, além do Google e Twitter, usar o Spotify para que os grevistas ouçam o hino da Internacional Socialista e o iFood para pedir comida durante a dura jornada. Todas soluções da iniciativa privada.

Continue Lendo
Comentários

Copyright © 2021. Lócus Online.