Entre em contato

Geral

Paga-se caríssimo para viver!

Publicado

on

O IBPT, Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, demonstra ser o Brasil o país de maior carga tributária no setor de alimentos entre os 15 países mais ricos emergentes.

A média da carga tributária nacional embutida nos preços dos alimentos de forma direta é 18,35%. Contudo, os governos não respeitam o princípio da não-cumulatividade tributária, contido na Constituição, e, mediante o efeito cascata do ICMS, PIS, COFINS, etc. sobre os produtos, a carga tributária, em muitos casos, representa 70% do preço final ao consumidor.

Se, entre os países emergentes, o Brasil é o pior, a comparação fica ainda mais teratológica quando examinamos o primeiro mundo: nos EUA, a tributação nos alimentos nunca ultrapassa, no total, a 0,7%. Enfatizando: menos de um por cento!

Aqui, os cidadãos pagam impostos enquanto empresas bilionárias são perdoadas:

Assista ao vídeo abaixo, “Como o Brasil funciona”, para melhor compreender como os impostos atuam como os verdadeiros senhores de escravos da sociedade moderna:

(https://www.youtube.com/watch?v=wEbFqKPIW6k)

Copyright © 2021. Lócus Online.